Recife abre oficialmente o Carnaval com reverência ao Frevo

sábado, 10 de Fevereiro de 2018

 

O som dos clarins já anunciava quem era o homenageado da primeira noite oficial do carnaval 2018 no Recife. Nesta sexta (9), quando comemora seu aniversário de 111 anos, o frevo mostrou que merece um espetáculo dedicado inteiramente a ele. E, se todo espetáculo tem que ter um início que chame a atenção do público, o cortejo que abriu a noite de homenagens não fez diferente.

Saindo do início da Avenida Rio Branco, no Bairro do Recife, na área central da cidade, o desfile foi comandado por 120 músicos da Orquestra Ademir Araujo. Troças, clubes carnavalescos, blocos líricos, mascarados, bonecos e urso completaram o elenco do cortejo, que convidou uma multidão a se reunir na Praça do Marco Zero.

As irmãs Leir Maia, de 57 anos, e Neli Maia, 63, que dizem não perder uma abertura do carnaval do Recife, ficaram encantadas com o desfile. “A ideia desse cortejo é incrível. É o verdadeiro espírito do frevo de rua e do carnaval aqui de Pernambuco: todo mundo brincando junto e feliz”, conta Leir.

Um dos pontos altos da caminhada foi quando a orquestra tocou o hino do bloco Elefante de Olinda, que já é um marco do carnaval pernambucano. “A gente tava acostumado a ver o maracatu abrir o carnaval do Recife, mas homenagear o frevo no dia dele e começar isso com um arrastão cultural como esse é sem igual”, ressalta Betânia Seabra, de 66 anos, que conta que, há mais de dez anos, não deixa de estar no primeiro dia oficial da festa na capital pernambucana.

Para a foliã Nilza Corrêa, de 61 anos, o cortejo do frevo deveria se tornar uma tradição no carnaval do Recife. “Isso deveria acontecer todos os anos. Imagina só: todos os anos, a gente acompanhar esse desfile! Se tornaria uma tradição do carnaval”, sugere.

Destino final do cortejo foi a Praça do Marco Zero, no Recife (Foto: Rafael Medeiros/G1)


Ir para o Topo do Site

CONTATO

Email: jornalomonitor@outlook.com
Fone: (87) 98116.4469
WhastApp: (87) 98105.0692

Rua Capitão Pedro Rodrigues, 115 - No Prédio da RÁDIO 87 FM
Garanhuns, Pernambuco

 EDITORIAL

Diretor(a): Osman Benício
Uiadja Holanda Editor: Douglas Lima